sexta-feira, setembro 21, 2012

Séries Favoritas





Greek simplesmente se tornou minha paixão quando se trata de séries. Tem romance, complicações, comédia e principalmente muitos clichês. Adoro clichês. Infelizmente a série já tinha chegado ao fim quando eu assisti pela primeira vez mas ainda assim se tornou minha favorita <3 
Personagens favoritos: Cappie, Rebecca Logan, Rusty Cartwright. (Não, eu não torço pelo casal Cappie + Rebecca)




Das séries que eu acompanho, Pretty Little Liars foi a primeira que consegui acompanhar desde o comecinho. E, claro, como todo mundo que assistiu pelo menos um episódio fiquei completamente viciada nessa história cheia de mistérios e perguntas não respondidas. Foi a única série (até agora) que já me fez sentir como se estivesse lá de tão envolvida que me deixou.
Personagens favoritos: Toby Cavanaugh (I know, my heart is broken too :/), Hanna Marin e 
Alison Dilaurentis.



Demorei bastante para me render á The Vampire Diaries. A terceira temporada já estava sendo exibida quando finalmente me deixei convencer pelos meus amigos de que a série não tinha nada haver com a saga de livros (eu li os três primeiros e não gostei) e que eu deveria começar a assistir já! Não me decepcionei.
Uma história sobre uma humana que se apaixona por um vampiro (ou dois) pode parecer sem graça e repetitiva, mas a série tem muito mais a mostrar e por trás de todo o misticismo, é claro, tem os problemas cotidianos e os clichês que eu adoro.
Personagens favoritos: Caroline Forbes e Jeremy Gilbert.


Deu pra perceber que eu sou meio anti- protagonistas né? Haha. Não sei porque mas desde pequena sempre me apego muito mais aos personagens secundários do que aos próprios mocinhos. Quando penso em Harry Potter, por exemplo, sempre penso na Hermione Linda Magnifica Fantástica Granger.
E vocês? Gostam de algumas dessas séries? Tem alguma série para me recomendar?













quinta-feira, setembro 13, 2012

I Wanna Be The Sun


De repente bateu uma vontade louca. Vestir uma roupa legal,um sapato confortável, pegar a câmera fotográfica, sair na rua sem ligar a mínima para o que os outros vão falar e deixar o sol refletir sua luz em mim. Hoje eu quero ser o sol. Quero ser tão feliz a ponto de ser a própria fonte de energia para tudo ao meu redor: Pessoas, animais, lugares, momentos. Meu olhar seriam os raios e levariam o calor direto para o coração, para a alma. Eu veria o meu reflexo numa fonte de água e sentiria aquecer todo o meu ser. Cada passo que desse seria como flutuar, eu deixaria a felicidade me preencher sem moderação, sem medo do que viria depois. Um passo, outro, flutuando sem parar. Meus pensamentos não teriam um destino certo, dançariam e rodopiariam levemente conforme o meu estado de espírito. As horas passariam devagar para que o Sol não precisasse ir para a cama nem tão cedo mas quando o momento chegasse, eu me sentaria na grama verdinha para apreciar o seu singelo adeus e o meu coração seria só palmas e fogos de artifício para aquele lindo espetáculo. Agradeceria então em silêncio, certa de que estava completa.