domingo, abril 21, 2013

Quando eu escuto uma música...

... Não consigo explicar o que acontece, mas ainda assim eu vou tentar. E quando digo música, quero dizer o tipo de música que eu gosto, não posso definir exatamente um ou dois gêneros musicais, mas posso dizer que gosto de músicas com melodia e cheias de sentimentos, de preferência bem sofridas.
Quando eu escuto uma música, um botãozinho que fica lá dentro do meu ser é ativado e manda doses de uma energia maravilhosa para cada cantinho do meu corpo. Dependendo da música, sinto arrepios. Meus olhos ficam marejados e as vezes chego até a chorar. Não é de tristeza e nem sempre pela beleza das letras. Não, é só o prazer que escutar uma melodia me causa. É uma das melhores sensações da minha vida. Me arriscaria até a dizer que é a melhor.


Quando escuto a primeira nota e sinto esse botãozinho ser ativado, fecho meus olhos e viajo para outro mundo, um mundo só meu. Ouvir música é minha forma favorita de escape. Não existem problemas, não existe estresse, só existe a música. Eu e a música. Eu, a música e um monte lugares maravilhosos para onde eu viajo. Vou pra lá flutuando e quando o som acaba, volto à realidade devagar, cheia de saudade.

Imagem: WeHeartIt

quarta-feira, abril 03, 2013

Desabafo


 Eu fico chateada quando as pessoas me rejeitam. Ser rejeitada é uma das coisas que eu mais odeio, talvez seja porque eu vivo sendo rejeitada. Ou talvez eu só ache que vivo sendo rejeitada por odiar ser rejeitada. Síndrome de perseguição sabe? Eu tento combater essa sensação de que por alguma razão as pessoas me querem o mais longe possível e as vezes eu caminho até bem nessa tentativa mas afundo lindamente. Eu simplesmente não consigo, mil pensamentos me vem a cabeça, mil razões de o porque dessas pessoas não me quererem por perto, a maioria insanas, ridículas, preconceituosas  razões que eu mesma nunca teria. Mas aí eu penso "Sei lá né? Tem todo tipo de gente nesse mundo..."
Me sinto mal, solitária. E isso me entristece muito.